12:20 28 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    6182
    Nos siga no

    As autoridades da Coreia do Norte fizeram um apelo incomum dirigido a toda a nação coreana, convocando para a união entre o Norte e o Sul, segundo informou a agência KCNA.

    "Façamos um esforço enérgico para acalmar a forte tensão militar e criar um clima pacífico na península coreana!", diz o comunicado, acrescentando: "Vamos esmagar com coragem todos os desafios que vão contra o desejo de reunificação da nação [coreana]".

    A mensagem destaca como tarefa principal a união do povo coreano. Em particular, sublinha-se que o Norte e o Sul devem resolver a questão da reunificação independentemente, sem intervenção de terceiras partes.

    As autoridades norte-coreanas sugeriram diminuir a crítica dos programas nuclear e de mísseis de Pyongyang, pois isso prejudica o processo de melhoramento das relações entre o Norte e o Sul.

    Pyongyang propôs intensificar os contatos humanitários e políticos, sublinhando a importância de reforçar os laços entre os partidos dos dois países.

    Em geral, Pyongyang expressou a esperança que 2018 seja um "ano de virada radical" no que diz respeito à aproximação das posições das duas Coreias.

    No início do ano, altos funcionários de Pyongyang e Seul realizaram as primeiras negociações desde 2015. As partes chagaram a acordo de restabelecer o diálogo pleno em várias áreas, bem como acertaram a participação de Pyongyang nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 na Coreia do Sul.

    Mais:

    Novo desfile militar na Coreia do Norte à vista?
    EUA aplicam sanções contra 9 entidades e 16 indivíduos ligados à Coreia do Norte
    Tags:
    reaproximação diplomática, relações bilaterais, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar