21:34 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Lançamento do míssil balístico intercontinental Hwasong-15 que teve lugar na noite de 28 para 29 de novembro

    Rússia: resolução militar da crise norte-coreana 'não será surpresa para nós'

    © REUTERS / KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Coreia do Norte lança mais um míssil (38)
    13262

    Rússia está analisando as consequências de uma possível resolução militar da crise coreana e está se preparando para isto, de modo que o desenvolvimento da situação, não será nenhuma surpresa para Moscou.

    Devido às tensões em nível mundial, que aumentaram ainda mais após o último lançamento de míssil balístico intercontinental norte-coreano, o secretário do Conselho de Segurança da Rússia, Nikolai Patrushev, revela qual é a posição da Rússia quanto ao assunto em questão.

    Quanto à medida que Rússia irá tomar em caso de resolução militar do problema coreano, Patrushev explicou que Moscou considera todas as opções possíveis.

    "Estamos analisando-a [possível resolução militar] e preparando-nos. Não será uma surpresa para nós".

    Ao mesmo tempo, ele destacou que existe uma ameaça à segurança nacional da Rússia por parte da atividade norte-coreana.

    "Encontramo-nos quase na fronteira com eles [Coreia do Norte]. Portanto, temos interesse em encontrar solução politica e diplomática [da crise]", declarou.

    Na noite de 28 para 29 de novembro, a Coreia do Norte lançou o míssil Hwasong-15, que percorreu uma distância de 950 quilômetros e caiu a 210 quilômetros do litoral do Japão.

    Pyongyang afirmou que, a partir de agora, já possui um meio capaz de lançar uma carga nuclear até qualquer ponto dos EUA. Muitos países, incluindo a Rússia, condenaram as ações da Coreia do Norte.

    Neste contexto o presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou que Washington aplicará novas restrições a Pyongyang em resposta a mais um teste de míssil. Os EUA também apelaram ao bloqueio da Coreia do Norte.

    Tema:
    Coreia do Norte lança mais um míssil (38)

    Mais:

    '7 passos' dos EUA para eliminar míssil da Coreia do Norte (FOTO)
    Rússia: caso EUA busquem pretexto para destruir Coreia do Norte, 'que o digam abertamente'
    Analista: Trump arruína todos os avanços na questão da Coreia do Norte
    Coreia do Norte tem 15 alvos principais em caso de guerra com os EUA, diz relatório
    Tags:
    resolução, solução política, surpresa, fronteiras, segurança nacional, medidas, míssil balístico intercontinental, lançamento, Hwasong-15, Conselho de Segurança da Rússia, Nikolai Patrushev, Rússia, EUA, Península da Coreia, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar