16:25 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    332
    Nos siga no

    Respondendo à ultima declaração por parte do congressista russo Anton Morozov quanto aos alegados preparativos de Pyongyang para novos testes de mísseis balísticos, a Coreia do Sul se prepara ela própria para possíveis provocações nos dias do aniversário do partido norte-coreano.

    A Coreia do Sul está observando atentamente sinais de "provocações" do país vizinho, afirmou o representante do governo de Seul, Cheong Wa Dae, depois de o congressista russo ter avisado sobre o próximo lançamento de mísseis.

    "O governo está monitorando atentamente a situação, havendo a possibilidade de a Coreia do Norte levar a cabo provocações nos dias do aniversário do partido", disse o representante do presidente sul-coreano, citado pela agência Yonhap.

    Lançamento do míssil balístico de curto alcance sul-coreano Hyunmoo II durante as manobras conjuntas dos EUA e Coreia do Sul
    © AP Photo / Ministério da Defesa da Coreia do Sul
    A Coreia do Norte agenda frequentemente tais testes nas datas de comemorações importantes. Este domingo se comemora a ascensão de Kim Jong-il a secretário-geral e a criação do principal partido do país, comunicou a agência sul-coreana esta terça-feira (3).

    "Caso a Coreia do Norte realize provocações, Seul vai responder de forma severa", disse o representante, acrescentando que por enquanto tais sinais não foram detectados.

    Nesta sexta-feira (6), o congressista russo Anton Morozov, depois de se ter encontrado com altos funcionários da Coreia do Norte, afirmou que Pyongyang planeja realizar testes de mísseis capazes de atingir a costa oeste dos Estados Unidos.

    Anteriormente, o porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, Christopher Logan, afirmou que Washington também está observando atentamente a situação em torno da península da Coreia no que respeita aos mísseis de longo alcance. 

    Mais:

    Político norte-americano: Trump parece não saber como lidar com Coreia do Norte nuclear
    Por que a Coreia do Norte está de olho no acordo nuclear entre EUA e Irã?
    Carter aconselha Trump: EUA deveriam enviar missão para negociar paz com a Coreia do Norte
    Tags:
    testes balísticos, alerta, Anton Morozov, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar