03:38 24 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Líder norte-coreano Kim Jong-un durante a inspeção do Exército

    Pyongyang 'não ficará de braços cruzados' perante ameaças dos EUA

    © REUTERS/ KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)
    364084191

    O vice-ministro da chancelaria norte-coreana, Han Song Ryol, declarou em uma entrevista para a agência AP, que a situação na península da Coreia "está em um beco sem saída" e que Pyongyang não vai simplesmente esperar por um ataque preventivo dos EUA.

    Han Song Ryol, citado pela AP, destacou também que os Estados Unidos "criam problemas" com suas publicações "agressivas" no Twitter.

    Anteriormente o canal NBC, citando uma fonte, havia informado que EUA podem levar a cabo um ataque preventivo contra a Coreia do Norte para impedir a realização de mais um teste nuclear de Pyongyang.

    Um possível ataque dos EUA contra Coreia do Norte se tornou principal assunto discutido no mundo. O próprio Trump havia declarado que estavam sendo consideradas todas as opções para influenciar a Coreia do Norte.

    Os EUA enviaram há pouco à península da Coreia um grupo aeronaval de ataque encabeçado pelo porta-aviões USS Carl Vinson. A Coreia do Norte, tal como em muitas outras ocasiões, ameaçou Washington com um ataque nuclear.

    Tema:
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)

    Mais:

    China estará disposta a defender Coreia do Norte?
    Ataque preventivo à Coreia do Norte: preparação para guerra ou propaganda de Trump?
    Japão: Coreia do Norte pode ser capaz de realizar ataque de mísseis com gás sarin
    Tags:
    teste nuclear, ataque preventivo, Donald Trump, EUA, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik