09:03 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Ilha artificial da China perto das ilhas disputadas Spratly

    Duterte: ilhas artificiais da China não preocupam Filipinas

    © AP Photo / Roley Dela Pena, Pool
    Ásia e Oceania
    URL curta
    494
    Nos siga no

    O presidente filipino Rodrigo Duterte informou na quinta-feira (29) que as ilhas artificiais chinesas no mar do Sul da China não são uma questão preocupante para as Filipinas.

    Duterte sugeriu que a questão das ilhas seja resolvida por Washington.

    "Se as ilhas fossem realmente um assunto preocupante, os EUA teriam tomado medidas para acabar com elas logo no início", comunicou o líder filipino.

    Segundo Duterte, a única maneira de solucionar a disputa territorial com Pequim seria aplicar legalmente a decisão do Tribunal de Haia ou entrar em guerra com a China.

    Na opinião do presidente filipino, os EUA são o único governo capaz de fazer alguma coisa relativamente à construção das ilhas artificiais chinesas.

    Em 12 de julho, o Tribunal Permanente de Arbitragem de Haia concluiu que não há base legal para que a China reivindique seus direitos históricos na zona econômica exclusiva na área das ilhas Nansha (Spratly), também contestadas por Taiwan, Vietnã e Malásia. O tribunal também acusou a China de violar a soberania das Filipinas.

    Mais:

    ONU pede investigação sobre o presidente das Filipinas por homicídio
    'Não posso mentir': Presidente das Filipinas confirma ter matado 'cerca de três' pessoas
    Tags:
    disputa territorial, construção, ilhas artificiais, Tribunal Permanente de Arbitragem de Haia, Ilhas Spratly, Malásia, Vietnã, Taiwan, EUA, China, Filipinas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar