02:11 18 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Presidente filipino Rodrigo Duterte discursando numa conferência de imprensa, 3 de setembro, 2016

    Presidente filipino nega querer romper laços com EUA

    © REUTERS/ Lean Daval Jr
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1095354

    O líder filipino Rodrigo Duterte informou que o seu país não quebra relações com os EUA, mas que está mudando o rumo da sua política externa.

    "Isso não é ruptura das relações. Quando se fala da ruptura das relações, você corta as relações diplomáticas. Não posso fazer isso. Por que? O meu país é muito interessado em manter esse relacionamento. Por que? Porque há muitos filipinos nos EUA, os americanos de origem filipina", anunciou Duterte citado pela CNN durante um coletiva de imprensa na cidade de Davao nas Filipinas.

    O presidente filipino especificou que a palavra "separação" se refere à "separação da política externa".

    Anteriormente, em 20 de outubro durante a sua visita a Pequim Duterte anunciou que o seu país estava se separando dos EUA e pretendia fortalecer relações com a China.

    Ao mesmo tempo o vice-secretário de imprensa da Casa Branca Eric Schultz informou que os EUA não receberam nenhuma solicitação oficial para mudar o caráter das relações com as Filipinas.

    Mais:

    Líder filipino: 'já dei bastante tempo aos EUA para 'brincarem' com soldados filipinos'
    Presidente filipino: mar do Sul da China é nosso
    Tags:
    separação, rompimento, relações, CNN, Casa Branca, Eric Schultz, Rodrigo Duterte, Pequim, China, EUA, Filipinas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik