14:13 04 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    2412
    Nos siga no

    O Departamento de Estado dos EUA denunciou, em um comunicado ao Congresso, dezenas de funcionários de países da América Central por supostos crimes de corrupção.

    Entre os funcionários em causa, estão ex-mandatários da Guatemala e das Honduras, bem como vários assistentes presidenciais, mais de uma dúzia de legisladores hondurenhos, e dois juízes que, atualmente, servem no Supremo Tribunal guatemalteco. 

    "O Departamento continuará examinando as pessoas listadas no comunicado, e considerará todas as ferramentas disponíveis para dissuadir e perturbar a atividade corrupta e antidemocrática em El Salvador, na Guatemala, e nas Honduras", descreve o comunicado. 

    Neste, é ainda reiterado que o Departamento de Estado "tem conhecimento de informação fidedigna ou alegações da conduta em questão a partir de informantes, meios de comunicação e de outras fontes".

    A autoridade estadunidense informou que continuará revendo as denúncias credíveis, e que se vai assegurar que o refúgio nos EUA é negado aos funcionários corruptos.

    Mais:

    IRGC não relaciona assassinato de Soleimani e morte de militar dos EUA no Catar
    Rússia entregará em breve Sputnik V à Guatemala após governo do país pedir devolução do dinheiro
    Calor mortal nos EUA: residentes do Oregon tentam se salvar de temperaturas anormais
    Tags:
    EUA, El Salvador, Guatemala, Honduras, sanções, corrupção
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar