14:07 18 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Coronavírus no mundo no início de abril de 2021 (58)
    0 130
    Nos siga no

    O Peru negocia com a Rússia a compra de 20 milhões de doses da vacina Sputnik V contra a COVID-19, anunciou neste sábado (3) o ministro da Saúde peruano, Óscar Ugarte.

    "A vacina [do Centro] Gamaleya chamada Sputnik V é representada pelo Fundo Russo de Investimentos [Diretos] que está negociando com o país. [As negociações] estão em fase de conclusão e o respectivo contrato será assinado [...] Esperamos que, em pouco tempo, uma vez concluído o processo, nós possamos informar quando [as vacinas] começarão a chegar. O que podemos antecipar é que já ofereceram 20 milhões de doses, uma quantidade semelhante à da Pfizer, e que chegariam progressivamente em quantidades que informaremos no devido curso quando for finalizado", disse o ministro, citado pelo jornal Gestión.
    Profissional de saúde faz vacinação no Peru
    © AFP 2021 / Ernesto Benavides
    Profissional de saúde faz vacinação no Peru

    Segundo Ugarte, o Centro Nacional de Abastecimento de Recursos Estratégicos em Saúde (Cenares) representará no Peru o Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, entidade que desenvolveu a vacina Sputnik V.

    A Cenares apresentará as informações necessárias para que a Direção-Geral de Medicamentos, Insumos e Medicamentos (Digemid) conceda o registro sanitário da vacina Sputnik V, e suas doses são utilizadas no Peru no âmbito do Plano Nacional de Vacinação contra a COVID-19.

    Tema:
    Coronavírus no mundo no início de abril de 2021 (58)

    Mais:

    Haitianos retidos no Acre forçam entrada e cruzam fronteira para o Peru
    Templo pré-colombiano do Peru é achado com representação de aranha divina (FOTOS)
    Governo do Peru proibirá quem tomou vacina de forma irregular de receber 2ª dose
    Tags:
    vacina, COVID-19, saúde, Rússia, Peru
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar