16:55 18 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    089
    Nos siga no

    O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, realizará a primeira conversa conjunta com os líderes da Austrália, Índia e Japão nesta sexta-feira (12).

    Esta será uma das primeiras cúpulas de Biden, ainda que em formato digital. A reunião é mais um esforço do novo governo de reviver antigas alianças dos EUA, desgastadas após o governo de Donald Trump.

    A reunião é também vista como uma mensagem à China, já que os EUA estarão reunidos com outras potências econômicas do Hemisfério Oriental.

    "O fato de o presidente Biden ter feito este um de seus primeiros compromissos multilaterais mostra a importância que colocamos na cooperação estreita com nossos aliados e parceiros no Indo-Pacífico", disse a secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, nesta terça-feira (9).
    Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia, e Xi Jinping, presidente da China, durante encontro informal em Wuhan, na China.
    © AP Photo
    Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia, e Xi Jinping, presidente da China, durante encontro informal em Wuhan, na China.

    Tanto Psaki quanto o governo da Índia, que confirmou a participação do primeiro-ministro Narendra Modi, disseram que o encontro abordará as mudanças climáticas e a pandemia de COVID-19 – duas prioridades do governo Biden.

    "Os líderes discutirão questões regionais e globais de interesse comum e trocarão opiniões sobre áreas práticas de cooperação para manter uma região Indo-Pacífica livre, aberta e inclusiva", disse o Ministério das Relações Exteriores da Índia em um comunicado.

    O encontro digital – que contará também com os primeiros-ministros do Japão, Yoshihide Suga, e da Austrália, Scott Morrison – debaterá também a promoção da segurança marítima e os esforços em "garantir vacinas seguras, equitativas e acessíveis" para combater a COVID-19 na Ásia, de acordo com o comunicado indiano.

    Mais:

    Museu alemão ironiza palavras de Biden sobre 'pensamento neandertal'
    Biden apoia proposta para restringir poderes de guerra do presidente dos EUA, diz mídia
    Ataques aéreos de Biden na Síria são 'presente' para o Daesh, diz ex-senador dos EUA
    O que esperar das exportações de petróleo do Irã durante a era Biden?
    Tags:
    Estados Unidos, Joe Biden, China, Japão, Yoshihide Suga, Austrália, Scott Morrison, Narendra Modi, Índia, relações, relações exteriores, diplomacia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar