11:24 20 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    574
    Nos siga no

    General norte-americano, discursando no Simpósio da Guerra Aeroespacial da Associação da Força Aérea, declarou que a Rússia representa ameaça e pretende separar os EUA e seus aliados.

    A Rússia desestabiliza a situação em todo o mundo e representa ameaça para os Estados Unidos, afirmou o chefe do Comando Europeu dos EUA (EUCOM, na sigla em inglês), general Tod Wolters.

    "Apesar da ampla condenação internacional e sanções econômicas contínuas, a Rússia está engajada em desestabilização e atividades maliciosas pelo mundo afora, com muitas destas ações acontecendo perto de casa [na Europa]", declarou Wolters, citado no site do Departamento de Defesa.

    "A Rússia continua sendo uma ameaça existencial duradoura para os EUA e nossos aliados europeus", assegurou Wolters.

    O general adicionou que a Rússia tenta manter uma esfera de influência da época soviética e usa a força para pressionar países vizinhos.

    Além disso, Wolters afirmou que Moscou "recorre a instrumentos atípicos, como empresas militares privadas, para intimidar, enfraquecer e dividir os parceiros e aliados norte-americanos".

    Comentando o discurso do general do EUCOM, o especialista militar russo, Igor Korotchenko, acredita que as palavras de Wolters é uma declaração habitual para demonizar a Rússia. Os EUA e OTAN continuam considerando a Rússia uma provável inimiga.

    "OTAN e Washington continuam considerando a Rússia uma provável inimiga militar. Por isso a demonização e o uso de métodos difamatórios e de métodos da guerra de informação continuam a ser populares na política prática do Pentágono e da Aliança Atlântica", comentou especialista militar à Sputnik.

    O especialista militar russo destacou que tanto a administração do ex-presidente norte-americano como a do presidente atual dos Estados Unidos expressaram tais acusações.

    Mais:

    EUA aumentam capacidade militar no Leste Europeu para conter Rússia, aponta mídia
    EUA expressam 'preocupação' ao Egito sobre potencial compra de caças russos
    Rússia acusa UE de interferir nos assuntos internos com ameaça de sanções
    Moscou promete reagir às novas sanções da União Europeia e não descarta resposta assimétrica
    Embaixada russa nos EUA recebe constantes pedidos para obtenção da vacina Sputnik V, diz embaixador
    Tags:
    general, OTAN, ameaça, Rússia, EUA, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar