13:39 24 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    013
    Nos siga no

    Um homem não identificado pode ser o responsável por quatro esfaqueamentos separados que ocorreram em poucas horas no metrô de Nova York e deixaram duas pessoas mortas, informaram as autoridades.

    Os ataques aconteceram entre a manhã de sexta-feira (12) e o início deste sábado (13), todos eles ao longo da linha A do metrô de Nova York, informaram as autoridades do Departamento de Polícia de Nova York durante entrevista coletiva.

    Acontecendo agora: comissário da Polícia de Nova York realiza uma coletiva de imprensa sobre os crimes recentes que ocorreram no sistema de metrô.

    As autoridades acreditam que as quatro vítimas eram pessoas que viviam em situação de rua. Os policiais informaram que estavam à procura de um homem que suspeitavam ser o responsável pelos quatro ataques e acrescentaram que estavam analisando as imagens das câmeras de segurança do metrô como parte da investigação. 

    Uma das vítimas foi encontrada morta em um trem no bairro do Queens, por volta da meia-noite de sexta-feira (12), com várias perfurações e cortes no pescoço e no torso. Duas horas depois, uma mulher de 44 anos foi encontrada morta a facadas no metrô em Manhattan.

    Os outros dois ataques não fatais - um envolvendo um homem de 67 anos e outro envolvendo um homem de 43 anos - também ocorreram em Manhattan.

    Em resposta, os funcionários da Departamento de Polícia disseram que enviariam mais 500 agentes para o patrulhamento ao longo do sistema de metrô em toda a cidade como medida de segurança.

    "Para as vítimas, para as famílias das vítimas, estamos 100% comprometidos em obter justiça", disse o comissário da Polícia de Nova York, Dermot Shea, durante a entrevista coletiva.

    Mais:

    Homem é morto pela polícia após abrir fogo em catedral de Nova York
    Soldado norte-americano é preso acusado de planejar ataque do Daesh em Nova York
    Consulado russo em Nova York pede mais segurança após ataque com tinta
    Tags:
    ataques, metrô, Nova York, Polícia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar