03:18 04 Março 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Pandemia da COVID-19 no mundo em meados de fevereiro de 2021 (110)
    270
    Nos siga no

    Rússia e Panamá estão negociando o possível fornecimento da vacina contra a COVID-19 Sputnik V, informou a embaixada russa no país centro-americano à agência Sputnik.

    "O Ministério da Saúde do Panamá e o Fundo Russo de Investimentos Diretos estão atualmente mantendo negociações diretas em formato virtual", disse o adido de imprensa da missão russa, Oleg Vishnevetsky.

    No início deste mês, Ivette Berrío, vice-ministra da Saúde do país centro-americano, confirmou à Sputnik que a vacina russa se destaca entre as estudadas pelo Governo do Panamá para imunizar sua população contra a COVID-19.

    Ao centro, o presidente Luis Arce comemora a chegada do primeiro lote de doses da Sputnik V à Bolívia, em 28 de janeiro de 2021.
    © REUTERS / David Mercado
    Ao centro, o presidente Luis Arce comemora a chegada do primeiro lote de doses da Sputnik V à Bolívia

    Em 21 de janeiro, o país iniciou a imunização entre os profissionais de saúde que trabalham em hotéis-hospitais para pacientes com coronavírus, e desde setembro de 2020 aderiu ao consórcio COVAX Facility da Organização Mundial de Saúde (OMS) para receber vacinas.

    A vacina Sputnik V consiste em dois componentes: o primeiro é baseado no adenovírus humano tipo 26 e o ​​segundo é baseado no adenovírus humano recombinante tipo 5. O medicamento é administrado em duas doses, com 21 dias de intervalo.

    Tema:
    Pandemia da COVID-19 no mundo em meados de fevereiro de 2021 (110)

    Mais:

    Quarto voo de Moscou pousa em Buenos Aires com vacina Sputnik V
    Petroleiros com bandeiras do Irã e do Panamá são apreendidos na Indonésia (VÍDEO)
    Panamá retira credenciais da embaixadora nomeada por Guaidó, diz mídia
    Tags:
    vacina, novo coronavírus, COVID-19, pandemia, saúde, Rússia, Panamá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar