17:37 25 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    151
    Nos siga no

    A polícia de Washington apreendeu cinco armas e prendeu pelo menos 13 pessoas, até o fechamento desta matéria, durante os violentos protestos envolvendo apoiadores do presidente Donald Trump no Capitólio, nesta quarta-feira (6).

    Robert J. Contee, que é chefe da polícia em Washington D.C, disse que as armas de fogo incluíam revólveres e fuzis. Ele também observou que nenhuma das pessoas presas era residente da cidade. As informações foram confirmadas pelo New York Times, após uma coletiva de imprensa.

    Na mesma entrevista, a prefeita da capital norte-americana, Muriel Bowser, classificou os protestos violentos, nos quais apoiadores de Trump saquearam e vandalizaram escritórios do Congresso, de "vergonhosos" e "antipatrióticos". Ela prometeu que "qualquer pessoa que se envolver nessas atividades" será responsabilizada. "Haverá lei e ordem e esse comportamento não será tolerado", disse ela.

    A polícia segura apoiadores de Trump que tentaram quebrar uma barreira policial, quarta-feira, 6 de janeiro de 2021, no Capitólio dos EUA em Washington.
    © AP Photo / Julio Cortez
    A polícia segura apoiadores de Trump que tentaram quebrar uma barreira policial, quarta-feira, 6 de janeiro de 2021, no Capitólio dos EUA em Washington

    Bowser deu início ao toque de recolher existente na cidade às 18 horas (20 horas em Brasília). Com isso, apenas trabalhadores essenciais e a mídia credenciada poderiam estar na rua. O serviço de metrô da cidade também foi suspenso.

    Ao longo da entrevista, Robert Contee alertou que qualquer pessoa encontrada do lado de fora após o toque será presa. Por volta das 21 horas (23 horas em Brasília), a polícia comunicou que prendeu pelo menos 30 pessoas por violar a determinação.

    Bowser não deu mais detalhes sobre a pessoa baleada, exceto para dizer que a polícia de Washington assumirá a liderança na investigação do incidente. Além disso, a prefeita disse que vários policiais ficaram feridos, "mas ainda estão dentro do Capitólio trabalhando para evacuar a multidão".

    "Continuo enfatizando para que todos os habitantes de Washington fiquem em casa e calmos. Se virem algo, digam às autoridades", concluiu a prefeita.

    Mais:

    Trem de mísseis nucleares intercontinentais é 'pesadelo para EUA', diz especialista militar
    Duas empresas construirão a maior fazenda de produção de proteína à base de insetos nos EUA
    'Hipócrita e ridículo': Pequim critica ordem dos EUA que proíbe transações com aplicativos chineses
    Tags:
    presos políticos, presos, Polícia do Capitólio, Capitólio dos EUA, Capitólio, Congresso dos EUA, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar