07:28 17 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo enfrenta coronavírus no final de dezembro (111)
    0 20
    Nos siga no

    O ministro das Finanças de Ontário, Rod Phillips, no Canadá, renunciou nesta quinta-feira (31) após uma onda de protestos em razão de suas férias no Caribe, considerada uma violação das medidas de restrição de viagens de seu próprio governo.

    Rod Phillips, membro do Partido Conservador Progressista, que atualmente está no poder na província canadense, admitiu nesta semana que viajou para a ilha francesa de St. Barts em 13 de dezembro, logo após o término do calendário legislativo. As informações foram confirmadas pela CBC, no Canadá. 

    Nos últimos meses, líderes federais e provinciais em todo país pediram ao público para evitar viagens não essenciais por causa da pandemia da COVID-19. Ontário, em especial, impôs medidas de restrição de circulação a partir de 26 de dezembro para conter a disseminação do vírus.

    Na manhã desta quinta-feira (31), ao chegar ao Aeroporto Pearson de Toronto, Phillips disse que gostaria de manter seu emprego, mas respeitaria a decisão do premiê da província, Doug Ford, que havia antecipado que esta seria uma "conversa muito difícil" entre os dois.

    Anita Quidangen, cuidadora em um lar de idosos, é a primeira canadense vacinada contra a COVID-19, em Toronto, no dia 14 de dezembro de 2020.
    © REUTERS / Carlos Osorio
    Anita Quidangen, cuidadora em um lar de idosos, é a primeira canadense vacinada contra a COVID-19

    "Hoje [31], após minha conversa com Rod Phillips, aceitei sua renúncia como ministro das Finanças de Ontário", disse o premiê Doug Ford em um comunicado.

    "Em uma época em que o povo de Ontário sacrificou-se tanto, a renúncia de hoje [31] é uma demonstração de que nosso governo leva a sério nossa obrigação de nos mantermos em um padrão mais elevado", concluiu.

    Ford disse que pediu a Peter Bethlenfalvy para assumir o papel de ministro das Finanças e entregar o orçamento do governo para 2021.

    Em sua carreira política, Phillips serviu como ministro do Meio Ambiente de Ontário antes de se tornar ministro das Finanças como parte de uma remodelação do gabinete em 2019. Logo após o anúncio da Ford, o escritório de Phillips também emitiu um comunicado confirmando sua renúncia ao cargo de ministro das Finanças.

    "Obviamente, cometi um erro significativo de julgamento e serei responsável por isso", dizia o documento.

    "Viajar durante as férias foi a decisão errada e mais uma vez ofereço minhas desculpas sem reservas", escreveu Phillips em um comunicado para imprensa. Ele também afirmou que havia ninguém para culpar a não ser ele mesmo. Ele chamou a viagem de um "erro estúpido".

    O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, participa de uma coletiva de imprensa usando máscara para proteger-se da COVID-19, em meio à pandemia da doença, em 6 de novembro de 2020
    © AP Photo / Patrick Doyle
    O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, participa de uma coletiva de imprensa usando máscara para proteger-se da COVID-19, em meio à pandemia da doença, em 6 de novembro de 2020

    Tema:
    Mundo enfrenta coronavírus no final de dezembro (111)

    Mais:

    Canadá é o 3º país a aprovar a vacina da Pfizer
    Trem pega fogo após descarrilar perto da fronteira entre EUA e Canadá (VÍDEOS)
    COVID-19: Canadá anuncia a aprovação da vacina da Moderna
    Tags:
    Ministros das Finanças, finanças, renúncia, férias, COVID-19, Caribe, Ontário, Canadá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar