12:14 15 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    7922
    Nos siga no

    Mike Pence, o vice-presidente dos EUA, anunciou nesta sexta-feira (18) que os membros da recentemente criada Força Espacial seriam chamados de "guardiões".

    A Força Espacial dos EUA foi levada para o topo do Twitter depois de anunciar o nome para seus membros que os internautas acharam surpreendentemente semelhante a muitas coisas, mas sobretudo ao filme "Guardiões da Galáxia" produzido pela Marvel Studios.

    "Tenho a honra de anunciar, em nome do presidente dos Estados Unidos, que a partir de agora os homens e mulheres da Força Espacial dos EUA serão conhecidos como guardiões. Soldados, marinheiros, aviadores, fuzileiros navais e guardiões defenderão nossa nação por gerações", disse Mike Pence.

    Por sua vez, a Força Espacial indicou em um tweet que o nome foi escolhido "após um processo de um ano que resultou em centenas de propostas e pesquisas envolvendo profissionais do espaço e membros do público em geral e podemos finalmente compartilhar com vocês o nome pelo qual seremos conhecidos: Guardiões". 

    ​Será que não conseguem inventar nada original? Primeiro copiam o logótipo da Jornada nas Estrelas, agora copiam os Guardiões da Galáxia.

    ​Eles se chamaram legalmente a si mesmos os Guardiões da Galáxia. 

    ​Mike Pence confirma. Guardiões da Galáxia.

    ​Os membros da Força Espacial serão chamados de guardiões... da galáxia?

    ​Como... Guardiões da Galáxia? Quem está no comando? Rocky Racum?

    ​A Força Espacial dos EUA chegou... Agora podemos todos ficar descansados... Guardiões. 

    Mais:

    NASA e Força Espacial dos EUA arquitetam plano de 10 anos contra asteroide 'cavaleiro do Apocalipse'
    Militares dos EUA estariam testando míssil hipersônico para Força Espacial
    Forças Aérea e Espacial dos EUA reveem estratégica para o Ártico
    Tags:
    Internet, Twitter, Mike Pence, Força Espacial Militar dos Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar