20:11 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    897
    Nos siga no

    Em carta enviada a Joe Biden e Kamala Harris, Patrisse Cullors, uma das co-fundadoras do movimento Black Lives Matter, afirmou que a comunidade negra tem grande parcela de responsabilidade na vitória democrata nas eleições nos EUA.

    "Sem o contundente apoio das pessoas negras, estaríamos lamentando um resultado eleitoral muito diferente. Em resumo, os negros venceram esta eleição", escreveu Patrisse Cullors.

    Além de parabenizar Biden e Harris, Cullors escreveu para expressar o desejo de se encontrar com a chapa eleita para discutir a agenda de planos destinada especificamente à população negra dos Estados Unidos.

    Na carta, a que o site norte-americano The Root teve acesso, Cullors destacou a massiva campanha organizada pelo Black Lives Matter pela conscientização do voto – que, segundo ela, engajou mais de 60 milhões de eleitores em todo o país.

    "Queremos algo pelo nosso voto. Queremos ser ouvidos e que nossas demandas sejam priorizadas", afirmou Cullors.
    Patrisse Cullors, uma das co-fundadoras do movimento Black Lives Matter nos Estados Unidos, em foto para o Summit LA18, em Los Angeles
    © AP Photo / Amy Harris
    Patrisse Cullors é uma das co-fundadoras do movimento Black Lives Matter nos Estados Unidos

    Cullors também lembrou o passado escravista dos Estados Unidos ao cobrar um mandato presidencial mais inclusivo e representativo para a comunidade negra.

    "Nós temos essas expectativas não só porque os negros são os eleitores mais consistentes e confiáveis para os democratas, mas também porque os negros estão verdadeiramente vivendo em crise em uma nação que foi construída sobre nossa subjugação. Até este ponto, os Estados Unidos se recusaram a reconhecer diretamente a maneira como eles desvalorizam os negros e devastam nossas vidas. Isso não pode continuar", afirmou Cullors.

    No discurso em que comemorou a vitória nas eleições, Joe Biden agradeceu à comunidade negra norte-americana pelo apoio e prometeu que a promoção da igualdade racial será um dos quatro pilares de sua administração, assim como o fortalecimento da economia e o combate ao coronavírus e ao aquecimento global.

    Mais:

    Pesquisa em São Paulo e no Rio de Janeiro mostra que candidatos negros são percebidos como brancos
    Fundação Palmares pode tirar Gilberto Gil e Martinho da Vila de lista de personalidades negras
    Sérgio Camargo diz que Black Lives Matter é um 'lixo', 'violento' e 'hipócrita'
    Tags:
    Estados Unidos, igualdade, racismo, Black Lives Matter
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar