15:42 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    330
    Nos siga no

    O secretário-geral da ONU, António Guterres, acredita que a extensão do Novo Tratado de Redução de Armas Estratégicas (Novo START) deve permanecer uma prioridade e espera que Rússia e Estados Unidos cheguem a um acordo sobre o melhor caminho a seguir.

    A declaração foi lida nesta sexta-feira (16) pelo porta-voz do secretário-geral, Stéphane Dujarric, em uma coletiva de imprensa.

    No início do dia, o presidente russo, Vladimir Putin, sugeriu estender o Novo START por um ano sem quaisquer condições e, em seguida, discutir todos os parâmetros de controle de armas durante esse período.

    Horas depois, no entanto, Washington se manifestou sobre a proposta, descrevendo-a como inaceitável. 

    ​"Para o secretário-geral, a extensão do tratado Novo START deve permanecer uma prioridade, e esperamos muito que as partes — a Federação da Rússia e os Estados Unidos — concordem sobre um caminho a seguir", disse Dujarric. "Não podemos enfatizar o suficiente a necessidade de que o tratado seja estendido."

    Mais:

    Ex-líderes de países da OTAN pedem apoio à proibição de armas nucleares em meio ao fim do Novo START
    Rússia exige proposta 'razoável' dos EUA para acordo do Tratado Novo START, diz vice-chanceler
    Trump quer saber quanto tempo leva para retirar e instalar armas nucleares se Tratado START expirar
    Rússia não vê perspectivas de assinatura de novo Tratado START, diz Lavrov
    Tags:
    António Guterres, Vladimir Putin, Tratado START, START III, Moscou, Washington, Rússia, EUA, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar