09:18 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Coronavírus no mundo no início de setembro (48)
    0 30
    Nos siga no

    Ao menos 29 internos faleceram em penitenciárias federais da Argentina desde o início do surto do novo coronavírus no país, informaram autoridades locais à Sputnik nesta sexta-feira (4).

    "Vinte e nove mortes sob custódia do serviço penitenciário federal", disse o Gabinete Penitenciário da Nação em um comunicado. 

    ​Os números computados cobrem o período de 20 de março a 31 de agosto deste ano. De acordo com o sistema penitenciário argentino, a quantidade de óbitos é considerada elevada para um período de apenas cinco meses, em comparação a anos anteriores, o que leva à necessidade de se pensar sobre "os impactos indiretos da pandemia".

    Do total de mortes, apenas 12 constam como tendo sido causadas pela COVID-19. As demais foram provocadas por outros fatores, incluindo outras doenças. Dos presos que morreram em decorrência do coronavírus, oito encontravam-se em um hospital público, dois um em posto de saúde militar, outro estava em um hospital penitenciário e o último faleceu durante uma transferência. 

    Tema:
    Coronavírus no mundo no início de setembro (48)

    Mais:

    Detentos fogem em massa após rebelião em presídio no litoral de São Paulo
    Presídio em Manaus tem rebelião e detentos fazem reféns
    Bolsonaro veta obrigatoriedade de uso de máscaras em prisões
    Rebelião do coronavírus: o que ocorre em prisões no Brasil e mundo afora?
    Tags:
    mortes, surto, América do Sul, América Latina, novo coronavírus, prisão, penitenciária, detentos, pandemia, COVID-19, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar