13:37 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    91017
    Nos siga no

    Os Estados Unidos rejeitam as reivindicações territoriais de Pequim no mar do sul da China e as classificam como ilegais, disse o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, em comunicado nesta segunda-feira (13).

    "Os Estados Unidos defendem um Indo-Pacífico livre e aberto. Hoje estamos fortalecendo a política dos EUA em uma parte vital e contenciosa dessa região - o mar do sul da China", afirmou Pompeo. "Estamos deixando claro: as reivindicações de Pequim por recursos no mar na maior parte do mar do sul da China são completamente ilegais, assim como sua campanha de bullying para controlá-los."

    Pompeo disse que Washington procura preservar a paz no mar do sul da China, defender a liberdade dos mares de acordo com a lei internacional e se opõe a qualquer tentativa de usar a força para resolver disputas. Ainda de acordo com o secretário de Estado dos EUA, a China "usa a intimidação para minar os direitos soberanos dos Estados costeiros do Sudeste Asiático".

    A região da Ásia-Pacífico tem várias disputas territoriais nos mares que envolvem Brunei, China, Japão, Malásia, Filipinas, Taiwan e Vietnã.

    Mais:

    Chancelaria da China anuncia sanções contra congressistas dos EUA
    Exército indiano planeja aquisição de 200 drones e novos caças em meio às tensões com a China
    China inicia produção em massa de modernizado caça furtivo de 5ª geração
    China deve investir US$ 400 bilhões e aumentar laços militares com Irã, apesar das sanções dos EUA
    Destróier chinês de última geração surge pela 1ª vez no mar da China Oriental
    Tags:
    Mar do Sul da China, China, Estados Unidos, Mike Pompeo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar