03:49 30 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo lidando com COVID-19 no início de abril de 2020 (153)
    660
    Nos siga no

    O secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu nesta quinta-feira (9) ao Conselho de Segurança uma demonstração de unidade durante a reunião do grupo para discutir a pandemia de COVID-19.

    "Um sinal de unidade e determinação do Conselho contaria muito neste momento de ansiedade", disse Guterres na reunião que foi realizada por videoconferência. "O envolvimento do Conselho de Segurança será fundamental para mitigar as implicações de paz e segurança da pandemia de COVID-19".

    A ONU divulgou os comentários do secretário-geral, afirma a agência de notícias AFP.

    Guterres também pediu "maior solidariedade" e classificou o quadro atual como "a luta de uma geração" e a "razão da existência" da própria ONU. 

    Os membros do Conselho de Segurança se reuniram após semanas de desacordo - especialmente entre os Estados Unidos e a China, onde o surto de coronavírus começou em dezembro.

    Liderada pela Alemanha, a reunião foi solicitada na semana passada por 9 dos 10 membros não permanentes do Conselho que estavam fartos da inação do órgão em relação à crise global.

    A França aproveitou a oportunidade para informar que doará US$ 1,3 bilhão para combater o coronavírus na África. 

    Tema:
    Mundo lidando com COVID-19 no início de abril de 2020 (153)

    Mais:

    Mestre da diplomacia: veteranos da ONU contam como era Lavrov no cargo de representante da Rússia
    BRICS deveria suspender todas sanções econômicas exceto as da ONU, diz legislador russo
    EUA insistem na 'origem chinesa' da COVID-19 em resolução da ONU
    Secretário-geral da ONU sobre pandemia: mundo enfrenta pior crise desde 2ª Guerra Mundial
    Comissão da Câmara denuncia Bolsonaro à ONU e OMS por condução da pandemia da COVID-19
    ONU contrata serviços de aviões russos Sukhoi Superjet 100
    Tags:
    António Guterres, Conselho de Segurança, ONU
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar