21:55 04 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    7417
    Nos siga no

    Senadores norte-americanos estão pedindo ao governo dos Estados Unidos que imponha sanções à Rússia, após a divulgação de relatórios alegando que Moscou estaria se intrometendo nas eleições presidenciais de 2020 nos EUA.

    "Pedimos que vocês imponham imediatamente e com força sanções ao governo da Federação da Rússia, a quaisquer atores russos determinados como responsáveis por essa interferência e àqueles que agem em seu nome ou que fornecem apoio material ou financeiro para esses esforços de interferência eleitoral", disseram os senadores democratas Chuck Schumer, Robert Menendez e Sherrod Brown em uma carta enviada ao secretário de Estado, Mike Pompeo, e ao secretário do Tesouro, Steven Mnuchin.

    Assim como em 2016, o governo russo nega qualquer envolvimento em supostas tentativas estrangeiras de interferir no processo eleitoral norte-americano. Mas, para os democratas, tanto na eleição anterior quanto na deste ano, o Kremlin teria interesse em estratégias ilegais para garantir a vitória do presidente Donald Trump.

    ​Outra campanha de desinformação está sendo lançada pelos democratas no Congresso, dizendo que a Rússia me prefere a qualquer candidato 'não faz nada' democrata, que ainda não conseguiram, após duas semanas, contar seus votos em Iowa. Trapaça número 7!

    Mais:

    Após cirurgia cardíaca, Sanders diz que nunca considerou abandonar corrida presidencial
    Impeachment seria 'interferência massiva' nas eleições dos EUA, diz defesa de Trump
    É melhor esperar eleição de 2020 para fazer acordo com a China, diz Trump
    Tags:
    Donald Trump, eleição, interferência estrangeira, interferência russa, interferência, eleições, sanções, senadores, Moscou, Washington, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar