20:43 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    6141
    Nos siga no

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesta sexta-feira que há cada vez menos católicos em seu país, enquanto o número de evangélicos aumenta.

    "Se eu lhe contei os dados que temos de como o povo, Papa Francisco, querido Papa Francisco, como o povo da Venezuela está abandonando o catolicismo, quase 40% das pessoas se declaram evangélicas, antes eram 3%", disse Maduro em uma transmissão do canal de televisão estatal venezuelano.

    Na opinião do líder venezuelano, a tendência surgiu nos últimos anos porque os bispos da Igreja Católica seguiram um curso político e apontaram que a Conferência Episcopal Venezuelana se transformou em um partido.

    "O Papa Francisco me pediu, um dia que o visitei, uma visita oficial, ele me pediu para não discutir publicamente com os bispos, e eu cumpri isso, mas, na verdade, às vezes acabam com a luz, eles abusam do povo, eles usam os púlpitos por suas obsessões políticas, para defender os indefensáveis, para agir como militantes e líderes de partidos políticos e não como pastores de uma igreja [...] eles usam a Conferência Episcopal como partido político, é um partido político e ninguém os para", disse ele.

    Maduro acrescentou que os representantes da Igreja Católica desrespeitam os venezuelanos quando convidam os líderes políticos a participarem de atos dessa religião, como aconteceu em 15 de setembro passado na celebração da Virgem da Pastora, no estado de Lara, o feriado que atrai cerca de 4 milhões de pessoas.

    No entanto, as duas últimas comemorações foram marcadas pela participação do líder da oposição Juan Guaidó, situação que, segundo Maduro, causou rejeições.

    Mais:

    Novo presidente da Guatemala rompe relações diplomáticas com Venezuela
    Protestos em Hong Kong são 'muito parecidos' aos na Venezuela, diz Arreaza
    EUA dizem que junto a aliados vão aumentar pressão contra Venezuela
    Tags:
    religião, Papa Francisco, Juan Guaidó, Nicolás Maduro, evangélicos, catolicismo, Igreja Católica, Vaticano, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar