14:36 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA Donald Trump conversa com o presidente turco Recep Tayyip Erdogan, enquanto visitam a nova sede da OTAN em Bruxelas, Bélgica, 11 de julho de 2018

    'Não seja tolo': Trump ameaça destruir economia turca em carta a Erdogan

    © AP Photo / Serviço de Imprensa da Presidência
    Américas
    URL curta
    639
    Nos siga no

    Ganhou grande publicidade nas redes sociais nesta quarta-feira a cópia de uma carta enviada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ao chefe de Estado turco, Recep Tayyip Erdogan.

    O documento, publicado por uma jornalista no Twitter, tem como pano de fundo a atual operação militar mantida pela Turquia na Síria, vista por boa parte da comunidade internacional como uma ação ilegal com consequências possivelmente devastadoras

    ​EXCLUSIVO: Obtive uma cópia da carta de Donald Trump a Erdogan. O presidente dos EUA aconselha Erdogan a não 'ser um cara durão! Não seja um tolo!'. Diz que ele poderia destruir a economia da Turquia se a Síria não for resolvida de uma maneira humana.

    Na carta, datada de 9 de outubro, o líder norte-americano diz ao seu homólogo turco que trabalhou duro "para resolver alguns de seus problemas" e, por isso, pede que ele "não decepcione o mundo".

    "Você pode fazer um grande acordo", afirma Trump, sugerindo que o comandante das Forças Democráticas da Síria (FDS), general Mazloum Kobani, estaria disposto a fazer grandes concessões a fim de obter um desfecho pacífico para a atual crise no noroeste sírio.

    Na última semana, Trump decidiu retirar as tropas americanas do norte da Síria, deixando seus antigos aliados curdos a mercê das forças turcas que avançam sobre o território sírio como parte de uma operação não autorizada.

    Tal operação, intitulada Fonte de Paz, teria como objetivo, segundo Ancara, afastar os militantes curdo-sírios (considerados inimigos pelo governo turco) para longe da região de fronteira e criar uma zona segura para alojar refugiados sírios que se encontram na Turquia.

    Mais:

    Erdogan 'ignora' delegação dos EUA, pede diálogo só com Trump, mas volta atrás
    Noruega defende não expulsar Turquia da OTAN por ofensiva na Síria
    EUA apontam 'esquema' bilionário na Turquia para burlar sanções ao Irã
    Mídia: EUA fazem 'demonstração de força' a combatentes apoiados pela Turquia na Síria
    Tags:
    Recep Tayyip Erdogan, Donald Trump, Twitter, carta, Síria, curdos, Oriente Médio, Ancara, EUA, Estados Unidos, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar