21:55 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Chanceler cubano, Bruno Rodríguez Parrilla

    EUA expulsam diplomatas cubanos por 'interesses eleitorais', diz chanceler

    © AP Photo / Alex Brandon
    Américas
    URL curta
    423
    Nos siga no

    A decisão de Washington de expulsar dois funcionários da missão cubana na ONU tem como objetivo aumentar a tensão na relação com Havana, avalia o chanceler cubano, Bruno Rodríguez Parrilla.

    "Essas medidas visam provocar o fechamento de embaixadas e aumentar a escalada. São obras de um grupo anticubano que assumiu a política dos EUA contra Cuba e a América Latina. É impossível ignorar que essas ações estão relacionadas a interesses eleitorais", disse o ministro das Relações Internacionais de Cuba em coletiva de imprensa. 

    As próximas eleições presidenciais dos EUA serão realizadas em 3 de novembro de 2020.

    Rodriguez disse que historicamente os períodos eleitorais dos EUA criam tensões no relacionamento com Cuba, e disse que Havana espera que os cidadãos americanos percebam que os políticos iniciam ações contra um "povo trabalhador por interesses políticos espúrios".

    O chanceler afirma que o pedido de expulsão dos EUA reflete uma "rejeição absoluta" ao povo cubano e é uma "medida injustificada e ilegítima".

    "Cuba responderá adequadamente a essas ações do governo dos EUA. Conclamamos a comunidade diplomática e internacional, com sede em Nova York, e o próprio povo americano a repudiar essas ações que constituem violações de ações diplomáticas e são ações agressivas contra o relacionamento com Cuba. Esse comportamento cria um precedente perigoso para o direito internacional", acrescentou.

    O Departamento de Estado dos EUA afirmou que os diplomatas de Havana foram expulsos porque realizavam uma operação de "influência antiamericana".

    A decisão ocorre poucos dias antes da Assembleia-Geral da ONU. 

    Mais:

    Colômbia ameaça acusar Cuba de promover o terrorismo
    O que há em comum entre os bloqueios a Cuba e Venezuela?
    Cuba condena intromissão nos assuntos internos da China na questão de Hong Kong
    EUA endurecem sanções contra Cuba por 'apoio à Venezuela'
    Trump diz ter opiniões mais duras do que as de Bolton em relação a Cuba e Venezuela
    Tags:
    Cuba, Estados Unidos, Bruno Rodríguez Parrilla
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar