19:23 11 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e seu ex-conselheiro de Segurança Nacional, John Bolton, durante reunião na Casa Branca (arquivo)

    Trump diz ter opiniões mais duras do que as de Bolton em relação a Cuba e Venezuela

    © AP Photo / Evan Vucci
    Américas
    URL curta
    1335
    Nos siga no

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, utilizou o Twitter para atacar hoje o seu ex-conselheiro de Segurança Nacional, John Bolton, demitido na última terça-feira.

    Ao comentar uma publicação do senador republicano Marco Rubio, o chefe de Estado norte-americano acusou seu antigo assessor de "segurá-lo" em relação a questões como da Venezuela e de Cuba.

    "Acabei de falar com Donald Trump sobre a Venezuela. É verdade que ele discordava de algumas visões de seu ex-conselheiro. Mas, como ele me lembrou, é, na verdade, o extremo oposto do que muitos alegam ou presumem. Se realmente a direção da política mudar, não será para torná-la mais fraca", escreveu Rubio, ao que Trump respondeu: 

    ​Na verdade, minhas visões sobre a Venezuela, e especialmente Cuba, eram mais fortes do que as de John Bolton. Ele estava me segurando!

    Na última terça-feira, ao demitir Bolton, o presidente dos Estados Unidos já havia mencionado essa falta de compatibilidade, dizendo que não apenas ele, mas também outros membros de sua equipe discordavam das ideias do ex-assessor.

    Mais:

    Dividir para reinar: Bolton apela a 'cortar os laços' entre Cuba e Venezuela
    Maduro afirma ter evidências de que John Bolton teria planejado seu assassinato em 2018
    Venezuela celebra demissão de 'um dos falcões preferidos' dos EUA
    Tags:
    segurança nacional, Cuba, Venezuela, Marco Rubio, Casa Branca, Washington, Donald Trump, John Bolton, Estados Unidos, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar