14:30 19 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Líder da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, em uma sessão ao ar livre em Caracas, Venezuela

    Oposição venezuelana aprova retorno ao tratado que permite pedir ajuda militar externa

    © REUTERS / Carlos Garcia Rawlins
    Américas
    URL curta
    1786
    Nos siga no

    O Parlamento venezuelano controlado pela oposição aprovou na terça-feira (23) a adesão do país ao Tratado Interamericano de Assistência Recíproca, o que lhe permitirá pedir ajuda militar externa.

    A lei de adesão ao tratado de 1947 (do qual a Venezuela já tinha feito parte) foi aprovada em segunda leitura em uma sessão ao ar livre em Caracas. O vídeo da aprovação foi compartilhado pela Assembleia Nacional.

    VÍDEO: Assembleia aprova em segunda leitura a Lei de Reincorporação ao Tratado Interamericano de Assistência Recíproca (TIAR) depois de uma moção de urgência solicitada pelo Presidente

    A Venezuela e mais três países da América Latina haviam saído do tratado nos anos da Guerra Fria, mais de uma década atrás.

    A sessão se realizou seis meses depois de o líder da Assembleia Nacional, Juan Guiado, ter se declarado presidente interino da Venezuela e logo sido apoiado pelos EUA e os seus aliados.

    A Rússia, a China, a Turquia e outros poderes continuam apoiar o presidente Nicolas Maduro, que acusou Guiadó por ser uma marioneta dos EUA e estar empenhado em deixar entrar as tropas dos EUA no país.

    Mais:

    Novo apagão afeta toda a Venezuela, informa fonte do governo Maduro (VÍDEO)
    'A situação está melhorando', diz Lavrov sobre crise na Venezuela
    EUA dão 'prazo curto' a Maduro para abandonar o poder na Venezuela
    Tags:
    ajuda militar, Assembleia Nacional da Venezuela, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar