04:02 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    560
    Nos siga no

    O presidente do Chile, Sebastián Piñera, descartou a possibilidade de transferir a embaixada de seu país em Israel de Tel Aviv para Jerusalém, como alguns outros países fizeram.

    "A embaixada do Chile permanecerá em Tel Aviv", disse o presidente em uma entrevista coletiva de Israel.

    O presidente chileno, em viagem pelo Oriente Médio, disse que seu país "defende e é a favor de uma solução de dois Estados, um estado israelense e um estado palestino".

    "O Chile é a favor de ambos serem livres, independentes e democráticos, e de ter fronteiras legítimas e seguras", disse ele.

    A entrevista ocorreu durante a viagem que Piñera iniciou esta semana para Israel e Palestina, com o objetivo de assinar uma série de tratados com líderes dos dois países.

    Depois, o presidente do Chile viajará para Osaka, Japão, para participar da próxima cúpula do G20, que acontecerá entre os dias 28 e 29 de junho.

    Mais:

    Qualquer acordo com Palestina 'deverá incluir' presença de Israel no Vale do Jordão, diz Netanyahu
    Israel não permitirá que Irã obtenha armas nucleares, afirma Netanyahu
    Como Chile está destruindo ecossistema marinho com salmão em prol de dinheiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar