13:56 19 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Opositor de Nicolás Maduro, Leopoldo López foi ovacionado pelos seus apoiadores após ser libertado em Caracas, na Venezuela

    Leopoldo López diz que mais deserções militares devem acontecer

    © AFP 2019 / Federico Parra
    Américas
    URL curta
    619

    O oposicionista venezuelano, Leopoldo López, nesta quinta-feira (2) que mais "deserções militares" podem acontecer nos próximos dias.

    O Tribunal Supremo da Venezuela mandou prender durante a tarde. A declaração foi feita direto da residência do embaixador da Espanha, em Caracas, onde esta hospedado.

    López disse que se reuniu com comandantes e generais do exército venezuelano em sua casa durante o período em que ficou em prisão domiciliar e avisou que mais deserções militares, como as que foram vistas no começo da semana, podem acontecer.

    "O fim da usurpação" acontecerá "dentro de algumas semanas", disse López.

    Ele e Juan Guaido levaram uma ala radical da oposição venezuelana a uma rebelião aberta contra o presidente venezuelano Nicolás Maduro, declarando desde 23 de janeiro que Guaidó é o legítimo presidente interino.

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar