17:59 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Juan Guaidó, opositor venezuelano, chega a Caracas

    Juan Guaidó retorna à Venezuela (VÍDEO)

    © REUTERS / Carlos Jasso
    Américas
    URL curta
    521237

    O autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó informou no Twitter que passou pela migração do aeroporto de Caracas e já se encontrava em território nacional.

    Representantes diplomáticos da Alemanha, Países Baixos, Estados Unidos, Chile, França e Romênia estavam posicionados no Aeroporto Internacional Simón Bolívar, no estado de Vargas, à espera do opositor. Temia-se que ele pudesse ser preso ao desembarcar, já que desafiou uma ordem do Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela que o proibia de viajar.

    "Estamos aqui na Venezuela, seguimos adiante", disse Guaidó à mídia, enquanto em sua conta no Twitter, ele acrescentou: "Já em nossa amada terra, a Venezuela, acabamos de passar pela imigração e seguimos para onde nossa cidade está, a rua".

    Guaidó retorna a Caracas depois de uma turnê internacional, passando por Argentina, Paraguai, Brasil, Chile, Colômbia e Equador. Em Brasília, o líder opositor foi recebido com honras de chefe de Estado. Ao cruzar a fronteira, Guaidó desrespeitou uma proibição de viagem, pelo qual poderia pegar até 30 anos de prisão.

    O conselheiro de segurança nacional dos EUA, porém, John Bolton advertiu que prender Guaidó seria respondido de forma pesada por Washington. "O presidente interino venezuelano, Juan Guaidó, anunciou seu retorno à Venezuela. Qualquer ameaça ou atitudes contrárias ao seu retorno de forma segura serão acompanhadas de uma forte e significativa resposta dos Estados Unidos e da comunidade internacional", escreveu no Twitter.

    Tags:
    Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela, Juan Guaidó, Caracas, Washington, Estados Unidos, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar