22:50 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Um homem assiste um programa de TV mostrando o presidente dos EUA, Donald Trump, à direita, e o líder norte-coreano Kim Jong Un, à esquerda.

    'Ficamos enamorados', diz Trump sobre Kim Jong-un

    © AP Photo / Lee Jin-man
    Américas
    URL curta
    831

    O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que ele e seu homólogo norte-coreano tinham “se enamorado” durante as negociações em Singapura, em 12 de junho de 2018.

    "Era um problema muito grande. […] Eu era muito duro na época, ele também. E andávamos para a frente e para trás. E depois nos enamoramos… Estou falando a sério! Ele me escreveu cartas lindas", disse Trump ao discursar em um comício no estado da Virgínia Ocidental, citado pela Reuters.

    Trump fez questão de sublinhar que, no que se trata dos telefonemas das administrações anteriores, por exemplo, os de Barack Obama, Pyongyang nem atendia.

    "Ele estava à beira de uma guerra com a Coreia do Norte. Mas, felizmente, o tempo dele acabou", observou o político.

    O líder estadunidense já havia falado que tinha conseguido estabelecer um bom relacionamento com Kim Jong-un. Mais cedo, ele disse que eles tinham "boa química".

    A primeira cúpula entre os EUA e Coreia do Norte na história teve lugar em 12 de junho em Singapura. De acordo com o documento final assinado no termo do encontro, os EUA se comprometeram a garantir a segurança à Coreia do Norte, enquanto Pyongyang reiterou sua vontade de desnuclearizar a península coreana. Hoje em dia, se discute a possibilidade de um novo encontro.

    Mais:

    Trump diz ter recebido 'carta extraordinária' de Kim Jong-un (FOTO)
    Recepção do líder sul-coreano por Kim Jong-un em Pyongyang
    Tags:
    cúpula, Kim Jong-un, Donald Trump, EUA, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik