Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Troca de afagos: Trump recebe carta 'calorosa' de Kim e novo encontro é negociado

© AP Photo / Evan Vucci Presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, passeiam após um almoço de negócios no âmbito da cimeira em 12 de junho de 2018, em Singapura
Presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, passeiam após um almoço de negócios no âmbito da cimeira em 12 de junho de 2018, em Singapura - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebeu uma nova carta do líder norte-coreano Kim Jong-un. A carta fez parte de um esforço para uma 2ª reunião entre os dois líderes, disse nesta segunda-feira (10) a porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders.

"O presidente recebeu uma carta de Kim Jong-un. Foi uma carta muito calorosa e positiva", disse Sanders a repórteres. "O objetivo principal da carta era solicitar e procurar agendar outra reunião com o presidente, à qual estamos abertos e já estamos no processo de coordenar isso".

Primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May (à esquerda) fala com o presidente dos EUA, Donald Trump (à direita) durante um jantar da OTAN em Bruxelas. - Sputnik Brasil
EUA e aliados ameaçam ataque 'muito mais forte' caso Síria use armas químicas
Embora Trump tenha cancelado uma visita à Coreia do Norte prevista para o final de agosto pelo secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, devido à falta de progresso no processo de desnuclearização, Sanders disse que Pyongyang está mostrando sinais de boa fé. Um desses sinais seria a decisão de não levar mísseis nucleares ao desfile militar do final de semana passado, realizado no país.

"O recente desfile na Coreia do Norte, desta vez, não foi sobre o arsenal nuclear do país, o presidente [Donald Trump] alcançou um tremendo sucesso com suas políticas até agora e esta carta foi mais uma prova do progresso nessa relação", disse ela.

No dia 12 de junho deste ano, Trump e Kim se encontraram em Singapura, onde chegaram a um acordo que estipula que a Coreia do Norte se desnuclearizará em troca do congelamento dos exercícios militares entre os EUA e a Coreia do Sul. No entanto, nenhum prazo foi anunciado para atingir esses objetivos.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала