22:03 22 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assina decreto que impõe tarifas às importações de aço e alumínio.

    Senador: novas tarifas comerciais dos EUA são 'abuso de poder' de Trump

    Reprodução
    Américas
    URL curta
    561

    O governo Trump abusou do poder ao impor tarifas sobre as importações de aço e alumínio da União Européia, Canadá e México, disse o presidente do Comitê de Relações Exteriores do Senado dos EUA, Bob Corker, em um comunicado.

    "A imposição das tarifas para aço e alumínio aos nossos parceiros comerciais mais importantes é a abordagem errada e representa um abuso de autoridade que atende apenas os fins da segurança nacional", disse o comunicado na quinta-feira.

    A administração Trump deve trabalhar com aliados dos EUA para atingir os que manipulam os mercados, de modo a ajudar as empresas americanas a competir no cenário global, disse Corker.

    O secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, anunciou na quinta-feira que Washington imporá uma tarifa de aço de 25% e tarifas de alumínio de 10% sobre a UE, Canadá e México, que entrarão em vigor à meia-noite.

    A ministra canadense de Relações Exteriores, Chrystia Freeland, anunciou pouco depois da medida dos Estados Unidos que Ottawa criaria impostos sobre os produtos de aço e alumínio dos EUA em 1º de julho, até que Washington acabe com suas próprias restrições.

    O presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, Paul Ryan, também desaprovou a decisão de Trump, dizendo que os Estados Unidos devem trabalhar com seus parceiros em questões como as políticas comerciais da China.

    Mais:

    Rússia está entre países que podem exigir US$ 3,5 bi em indenização dos EUA sobre tarifas
    Secretário do Tesouro dos EUA confirma suspensão de tarifas mútuas com a China
    Economistas advertem: a guerra de tarifas de Trump pode resultar em nova Grande Depressão
    Tags:
    Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik