15:35 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Soldado norte-americano usa binóculos na base  Al-Udeid AB, no Qatar

    Analista sobre incidente com bases dos EUA: 'colheram o que plantaram'

    CC BY 2.0 / Expert Infantry / Best Army Photos 2
    Américas
    URL curta
    6331
    Nos siga no

    A mídia informou que um aplicativo de fitness revelou a localização de bases militares estadunidenses. Analista militar acredita que a culpa é dos próprios Estados Unidos.

    O aplicativo de fitness Strava mostrou em seus mapas localização de bases militares de vários países, incluindo dos Estados Unidos, através de rastreadores de fitness e aplicativo para celular dos soldados.

    Um representante do Pentágono comunicou à Sputnik que o Departamento de Defesa dos EUA está estudando a situação e, caso seja necessário, vai tomar medidas adicionais para garantir a segurança dos efetivos dentro e fora do país.

    Analista militar, Aleksei Leonkov, comentou a situação em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik. Segundo ele, tais programas já foram utilizados por grandes redes comerciais para definir as preferências dos clientes.

    "Caso soldados norte-americanos, após recrutamento, continuem usando vários dispositivos — pulseiras fitness, relógios inteligentes e assim por diante, então, por meio de manipulações fáceis com o software se pode detectar onde estão os soldados", afirmou.

    Como explica Leonkov, detectar a localização de militares será possível mesmo durante combates, caso tenham dispositivos com eles, e as informações até podem ser acessadas abertamente.

    "Agora que a informação foi revelada, os norte-americanos colheram o que plantaram. Eles espalharam por todo o mundo estas tecnologias e, como no exército norte-americano há muita liberdade, isso faz com que muita gente fique a par de onde estão os militares norte-americanos", sublinhou.

    Outro especialista, Viktor Murakhovsky, opinou, por sua vez, que a mesma situação não pode acontecer com bases russas, pois tais dispositivos são proibidos "durante o serviço, operações ou treinamentos".

    Mais:

    Rússia aponta principais metas de suas bases na Abkházia e na Ossétia do Sul
    Para analista, só terroristas poderiam permitir instalação de bases dos EUA na Síria
    Tags:
    incidente, exército, tecnologias, base militar, Exército dos EUA, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar