15:34 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Barack Obama e Hillary Clinton se abraçam durante comício da campanha presidencial da ex-secretária de Estado dos EUA, em 2016

    Após culpar russos, Hillary Clinton diz que Obama contribuiu para sua derrota nos EUA

    © AP Photo / Pablo Martinez Monsivais
    Américas
    URL curta
    741

    A ex-secretária de Estado e candidata na última eleição presidencial dos EUA, Hillary Clinton, disse que o último presidente democrata do país, Barack Obama, ajudou a frustrar sua tentativa de se tornar presidente em 2016.

    Segundo a democrata, os dois mandatos seguidos de Obama – em 2008 e 2012 – pesaram desfavoravelmente, permitindo a vitória do seu adversário, o republicano Donald Trump, atual morador da Casa Branca.

    "É a verdade absoluta", disse Clinton em uma conversa por telefone ao programa de televisão The Hugh Hewitt Show.

    "O vento da história sopra no rosto para todos aqueles que estão correndo para se tornar o sucessor do presidente pelo mesmo partido que está no poder por dois mandatos. Isso afeta não só para a campanha, e é um verdadeiro desafio. Isso é muito diferente do que era antes", avaliou.

    Hillary ainda abordou a complexidade da corrida presidencial que ela teve de lidar no ano passado.

    "Se você defender as disposições e os acordos com a Administração anterior, tentando impulsionar sua própria mudança de plano, a segunda parte é muitas vezes extremamente difícil de alcançar. O problema está, penso eu, nisso", continuou a candidata democrata.

    Hillary lançou neste ano um livro intitulado O Que Aconteceu (What Happened, em inglês), no qual discorre sobre quais teriam sido todas as dificuldades, acertos e erros, que fizeram com que ela acabasse derrotada nas urnas por Trump.

    Anteriormente, Hillary afirmou que a Rússia e o presidente do país, Vladimir Putin, não queriam que ela fosse eleita – o que teria justificado a suposta influência russa nas eleições dos EUA, o que Moscou negou em várias ocasiões.

    "Há muitas razões para os democratas e os republicanos, para os cidadãos americanos em geral, querem chegar ao fundo do que a Rússia nos fez. Eu acho que foi um ataque de um adversário que usou meios cibernéticos para minar nossa democracia. E é a primeira vez que lembro que um adversário nos atacou com poucas consequências", completou.

    Já Trump ironizou Hillary em mais de uma oportunidade, acusando a adversária de acusar a todos pela sua derrota, tendo ainda "perdido o rumo" com tais acusações.

    Mais:

    Nova 'vítima' de Hillary Clinton: WikiLeaks é filial da inteligência russa
    Trump compartilha VÍDEO escandaloso de como 'golpear' Hillary Clinton com bola de golfe
    Kremlin se mostra confuso com alegada 'vendeta pessoal' de Putin 'revelada' por Hillary
    Tags:
    sabotagem, espionagem, derrota, Partido Republicano, Partido Democrata, política, Eleições dos EUA 2016, The Hugh Hewitt Show, Barack Obama, Donald Trump, Hillary Clinton, Vladimir Putin, Rússia, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar