08:29 18 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Hillary Clinton durante o primeiro debate presidencial na Universidade de Hofstra, EUA, 26 de setembro de 2016

    Mídia: Clinton pode se tornar nova prefeita de Nova York

    © AFP 2018 / Paul J. Richards / AFP
    Américas
    URL curta
    1124

    A ex-candidata à presidência norte-americana, Hillary Clinton, está considerando candidatar-se ao cargo de prefeita da cidade de Nova York, comunicou o jornal New York Daily News ao citar sua fonte dos círculos oficiais.

    Segundo a fonte, Clinton não exclui a hipótese de participar da corrida pelo cargo de prefeito da maior cidade norte-americana. O mandato do atual prefeito, Bill de Blasio, termina no final deste ano.

    O New York Daily News comunica que muitos democratas de Nova York estão incentivando Clinton para que "volte ao jogo" após sua derrota nas presidenciais, candidatando-se à chefia da prefeitura de Nova York.

    Muitos dizem que a corrida por este cargo é a segunda mais difícil no país após as eleições presidenciais. Caso Clinton se candidate, isto a traria de volta ao palco político global. Porém, muitos políticos questionam a vontade de Clinton de se meter nesta briga.

    Todavia, nenhum representante, seja da parte democrata ou republicana, confirmou a informação oficialmente.

    Clinton perdeu as presidenciais de 8 de novembro do ano passado para o republicano Donald Trump que se tornará o 45º presidente dos EUA após a cerimônia de posse marcada para o dia 20 de janeiro de 2017. Entretanto, vale ressaltar quem, na cidade de Nova York, Clinton ganhou com uma grande vantagem.

    Mais:

    Relatório da Inteligência dos EUA afirma que a Rússia tentou impedir eleição de Clinton
    Trump critica apoiantes de Clinton antes da votação do Colégio Eleitoral
    Usuários da Internet atacam Clinton por comentários sobre 'epidemia de notícias falsas'
    Tags:
    prefeitura, eleição, prefeito, política, Partido Democrata, Bill de Blasio, Donald Trump, Hillary Clinton, Nova York, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik