15:21 26 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    374
    Nos siga no

    Dan Coats, ex-senador e embaixador dos Estados Unidos na Alemanha, foi escolhido pelo presidente eleito dos EUA, Donald Trump, como novo Diretor Nacional de Inteligência (DNI) do país, segundo informaram órgãos de imprensa locais nesta quinta-feira. No entanto, ainda não há um anúncio oficial sobre a indicação.

    "Espera-se que o presidente eleito, Donald Trump, anuncie o ex-senador republicano Dan Coats como seu diretor nacional de inteligência", destacou o Washington Post, citando fontes da equipe de transição de governo. A mesma informação foi veiculada mais cedo pelo New York Times e, mais recentemente, pela Associated Press.

    Se confirmada a escolha, ele substituirá o polêmico James Clapper, que vem mantendo uma agenda de ataques contra a Rússia, sendo um dos principais defensores da tese de que o Kremlin estaria por trás de ataques cibernéticos contra os EUA com o objetivo de prejudicar o processo eleitoral norte-americano.

    Dan Coats foi senador pelo estado de Indiana entre os anos de 1989 e 1999 e, depois, de 2011 a 2017. Entre 2001 e 2005, serviu como embaixador dos EUA em Berlim, onde pressionou fortemente o governo alemão para não se opor à Guerra do Iraque, afirmando que um posicionamento contrário ao da Casa Branca poderia deteriorar as relações entre os dois países. Antes de retornar ao senado, ele ainda trabalhou como lobista em Washington, D.C.

    Mais:

    Trump escolhe ex-conselheiro de Bush como assistente de contraterrorismo
    Trump anuncia nome de seu futuro porta-voz
    Trump anuncia nomes de chefe de gabinete e estrategista-chefe
    Trump indicou o nome do novo secretário de Estado dos EUA
    Tags:
    inteligência, Kremlin, AP, The New York Times, Washington Post, Casa Branca, Donald Trump, Dan Coats, Moscou, Berlim, Iraque, Washington, Alemanha, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar