15:01 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Uma aeronave da American Airlines decola do aeroporto nacional Reagan em Washington

    Avião com diplomatas russos parte de Washington

    © AP Photo/ J. Scott Applewhite
    Américas
    URL curta
    182200191

    Um avião especial enviado por Moscou para levar de volta os diplomatas russos expulsos dos Estados Unidos, deixou Washington no domingo (1), informa o serviço de imprensa da embaixada russa.

    "O avião decolou, todo o mundo partiu", disse o serviço de imprensa da embaixada à RIA Novosti. 

    Na quinta-feira, o presidente norte-americano, Barack Obama, anunciou a expulsão de 35 diplomatas russos, o fechamento de dois complexos diplomáticos russos em Maryland e Nova York, bem como sanções contra seis cidadãos russos e cinco entidades, dada a suposta interferência de Moscou na eleição presidencial de novembro nos EUA. 

    As autoridades russas negaram repetidamente as alegações dos EUA, caracterizando-as como um disparate absurdo e ridículo. Além disso, eles disseram que tais alegações visam desviar a atenção do público norte-americano das revelações de corrupção e outras preocupações domésticas. 

    O presidente Vladimir Putin afirmou que a Rússia "não expulsará ninguém" em resposta à decisão dos EUA e que tomará novas medidas para restaurar os laços com os Estados Unidos. O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, em uma mensagem no Twitter elogiou o apelo de Putin como "um grande passo".

    Mais:

    Opinião: Obama está tentando impedir normalização dos laços Rússia-EUA
    Fábula ou vida real? Pato coxo furioso expulsa 35 homens dos EUA
    Opinião: Rússia demonstra abordagem madura ao não expulsar diplomatas dos EUA
    Tags:
    diplomatas, Washington, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik