00:25 17 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Um homem posa ao ser fotografado junto às figuras de papelão dos candidatos à presidência norte-americana, Hillary Clinton e Donald Trump

    Trump retalia Clinton pela recontagem de votos e diz que 3 estados fraudaram eleições

    © REUTERS / Navesh Chitrakar
    Américas
    URL curta
    1181
    Nos siga no

    O presidente recém-eleito dos EUA, Donald Trump, afirmou ter havido fraudes graves nas presidenciais em três estados, onde venceu sua rival democrata, Hillary Clinton.

    "Fraudes graves nas eleições na Virgínia, Nova Hampshire e Califórnia — porque é que a mídia não fala disso? Parcialidade — isso é um problema grave!", escreveu Trump na sua página do Twitter.

    ​No domingo (27), o republicano também afirmou que milhões de votos a favor de Clinton foram lhe atribuídos de modo ilegal. Muitas fontes de comunicação, inclusive a agência Associated Press e o jornal New York Times, acusaram Trump de falta de provas suficientes para fazer tais declarações.

    É de destacar que Nova Hampshire conta com 4 votos do Colégio Eleitoral, a Virgínia tem 13, e a Califórnia — 55.

    Anteriormente, Donald Trump sujeitou a candidata do Partido Verde, Jill Stein, e a equipe de Hillary Clinton, a uma crítica feroz por elas se terem aliado na recontagem dos votos no Wisconsin, no Michigan e na Pensilvânia, onde o republicano venceu por uma margem mínima.

    De acordo com as regras do sistema eleitoral norte-americano, todos os votos dos membros do Colégio Eleitoral em cada estado são atribuídos ao vencedor da votação "popular". Em resultado, Trump receberá 308 de 538 votos, embora em nível nacional ele tenha perdido para Clinton por uma margem de 2 milhões de votos.

    Mais:

    Trump quer persuadir outros países investigar Fundação Clinton
    Trump pode ser melhor para Síria do que Clinton
    Obama admite que vitória de Trump representa a vontade do povo norte-americano
    Tags:
    fraude, recontagem, eleições nos EUA, Colégio Eleitoral dos EUA, Casa Branca, Hillary Clinton, Jill Stein, Donald Trump, Califórnia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar