Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

'Se se meter com Israel, pagará um preço': adverte premiê após ciberataque em siderúrgicas no Irã

© Sputnik / Pavel Lisitsyn / Abrir o banco de imagensUsina de tubulação de Seversk na região de Sverdlovsk, Rússia
Usina de tubulação de Seversk na região de Sverdlovsk, Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 28.06.2022
Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro de Israel, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira (28) que qualquer um que tente realizar ciberataque contra Israel "pagará um preço". As declarações do premiê surgem um dia após as principais empresas siderúrgicas do Irã terem sido afetadas por um ciberataque.
"A abordagem com os nossos inimigos, especialmente o Irã […] nós não andamos por aí causando estragos em Teerã – isso nunca foi a nossa política. Nossa política é, se você se meter com Israel, vai pagar um preço", disse Bennett na conferência Cyber Week em Tel Aviv, escreve The Times of Israel.
O maciço ciberataque no Irã forçou a empresa siderúrgica Khuzestan Steel Co. a interromper a produção.
Além disso, outras duas grandes produtoras de aço relataram que também foram atingidas. Mais tarde, um grupo anônimo de hackers assumiu a responsabilidade pelo ataque nas redes sociais, dizendo que atingiu as três maiores siderúrgicas do Irã em resposta à "agressão da República Islâmica", avança a mídia.
"Assim como há dissuasão nuclear, haverá dissuasão cibernética […]. Se alguém nos atacar no ciberespaço, nós vamos atacar de volta", acrescentou o premiê.
Falando na referida conferência, o chefe da Diretoria Nacional de Cibernética de Israel, Gaby Portnoy, disse que o Irã se tornou um "rival dominante" no ciberespaço, em meio a tentativas de atacar a infraestrutura civil israelense no ano passado.
Eliat, Israel (imagem de arquivo). - Sputnik Brasil, 1920, 21.06.2022
Panorama internacional
Tel Aviv suspeita de ciberataque do Irã em falsos alarmes em 2 cidades de Israel, segundo mídia
O jornal aponta que os jornalistas militares israelenses, que são oficiosamente informados por altos funcionários do país, insinuaram que Tel Aviv foi diretamente responsável pelo sucedido em retaliação a um suposto ataque cibernético que fez disparar sirenes de alerta de foguetes em Jerusalém e Eilat na semana passada.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала