Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Israel cria Guarda Nacional para fortalecer segurança do país e lidar com 'tumultos violentos'

© AFP 2022 / Jaafar AshtiyehManifestante palestino faz sinal de vitória durante confrontos com forças de segurança de Israel em protesto contra expropriação de terra para assentamentos israelenses na Cisjordânia em 14 de janeiro de 2022
Manifestante palestino faz sinal de vitória durante confrontos com forças de segurança de Israel em protesto contra expropriação de terra para assentamentos israelenses na Cisjordânia em 14 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 22.06.2022
Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro e o ministro da Segurança Pública de Israel criaram a Guarda Nacional do país, citando como justificativa os distúrbios que aconteceram com os palestinos em 2021.
O governo israelense anunciou na terça-feira (21) a criação de uma Guarda Nacional, com o objetivo de fortalecer "a segurança interna do Estado de Israel e a segurança pessoal dos cidadãos israelenses".
A nova força, criada por Naftali Bennett, primeiro-ministro, e Omer Bav-Lev, ministro da Segurança Pública de Israel, funcionará como parte da Polícia Fronteiriça (Magav) e será capaz de enfrentar tumultos e emergências em várias áreas ao mesmo tempo. A Guarda Nacional será composta por unidades de reserva e voluntários, explicou o escritório do premiê israelense.
"A Guarda Nacional de Israel inicia sua operação. Para mim, esta é [uma oportunidade] de traçar a linha de fundo. Entrei no cargo quando Israel estava lambendo suas feridas da Operação Guardiã dos Muros [em maio de 2021, parte do conflito israelo-palestino]. Vimos tumultos violentos em Lod, Acre, em diferentes partes do país. Todos entenderam que enquanto falamos sobre o Irã e o Hezbollah, o problema doméstico começa a germinar", disse Bennet.
A criação da nova força de segurança foi fortemente motivada pelos tumultos de maio de 2021, após a decisão de um tribunal israelense de despejar várias famílias palestinas do bairro de Jerusalém Oriental. Várias cidades judaico-árabes mistas assistiram a confrontos entre as populações, com a polícia israelense despreparada para lidar com os distúrbios.
Palestinos e jovens judeus entram em confronto na Cidade Velha de Jerusalém enquanto israelenses comemoram o Dia de Jerusalém, um feriado israelense que celebra a captura da Cidade Velha durante a guerra no Oriente Médio de 1967 - Sputnik Brasil, 1920, 29.05.2022
Panorama internacional
Manifestação em Jerusalém termina em confronto violento entre palestinos e israelenses (VÍDEOS)
Após o começo dos incidentes, grupos palestinos da Faixa de Gaza supostamente dispararam mais de 4.000 mísseis contra o território israelense. Como retaliação, as forças israelenses lançaram a Operação Guardiã dos Muros, atingindo vários alvos terroristas do Hamas na Faixa de Gaza.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала