Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Líderes das 3 maiores nações da União Europeia vão se reunir em Kiev, diz mídia italiana

© AP Photo / Markus SchreiberÀ esquerda, o presidente francês Emmanuel Macron e o chanceler alemão Olaf Scholz antes de uma reunião na chancelaria em Berlim, Alemanha, 9 de maio de 2022
À esquerda, o presidente francês Emmanuel Macron e o chanceler alemão Olaf Scholz antes de uma reunião na chancelaria em Berlim, Alemanha, 9 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 13.06.2022
Nos siga noTelegram
Os líderes da Alemanha, França e Itália vão visitar Kiev no próximo dia 16, segundo o La Stampa.
Mais cedo, o tabloide Bild am Sonntag anunciou que o chanceler alemão Olaf Scholz se reuniria em Kiev com o presidente francês Emmanuel Macron e o primeiro-ministro italiano Mario Draghi antes da cúpula do G7 (grupo dos sete países mais industrializados do mundo), marcada para 26 de junho na estância bávara de Schloss Elmau.

"A viagem vai acontecer em breve, na quinta-feira, 16 de junho", especificou La Stampa. "Será antes do Conselho Europeu, antes do G7 na Alemanha, antes da cúpula da OTAN. Os três [líderes] juntos, para indicar com uma simples fotografia todo o apoio dos três maiores países europeus ao presidente ucraniano Vladimir Zelensky", revelou o jornal.

La Stampa assume que Draghi, Macron e Scholz vão conversar com Zelensky sobre a desminagem dos portos do mar Negro, a fim de desbloquear as exportações de grãos ucranianos.
Além disso, o primeiro-ministro italiano deve compartilhar com outros líderes os resultados de sua visita a Israel, para onde viaja na tarde desta segunda-feira (13).
A chanceler alemã, Angela Merkel, fala durante uma conferência de imprensa no encontro G20 Compact with Africa ​​(CwA) na Chancelaria em Berlim, sexta-feira, 27 de agosto de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 08.06.2022
Panorama internacional
Merkel : Alemanha impediu adesão da Ucrânia à OTAN em 2008 para Kiev se preparar militarmente
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала