Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Historiador Chomsky acusa Clinton de ter mentido para Rússia sobre não extensão da OTAN

© AFP 2022 / DON EMMERTEx-presidentes da Rússia e dos EUA, Boris Yeltsin e Bill Clinton, durante a entrevista coletiva em Nova York, EUA, 23 de outubro de 1995
Ex-presidentes da Rússia e dos EUA, Boris Yeltsin e Bill Clinton, durante a entrevista coletiva em Nova York, EUA, 23 de outubro de 1995 - Sputnik Brasil, 1920, 13.06.2022
Nos siga noTelegram
O ex-presidente norte-americano, Bill Clinton, rompeu sua promessa à Rússia de não estender a OTAN para o Leste, disse em conversa com a organização Massachusetts Peace Action o historiador, filósofo e linguista Noam Chomsky.
De acordo com suas palavras, George H. W. Bush decidiu com Mikhail Gorbachev que a Aliança Atlântica não avançaria "nem um centímetro" para o Leste em troca da adesão de toda a Alemanha ao bloco.

"George H. W. Bush cumpriu sua promessa. Bill Clinton nos primeiros anos [de seu mandato] também a seguiu, mas em meados de 1990 ele começou a falar coisas opostas [...]. Em 1997, Clinton rompeu sua promessa e convidou o Grupo de Visegrado [que inclui Polônia, Hungria, Eslováquia e República Tcheca] à OTAN. Seu sucessor, George W. Bush, abriu as portas a todos, convidando à aliança, até a Ucrânia", se manifestou Chomsky.

O historiador apontou que Bill Clinton iludia o ex-líder russo, Boris Yeltsin, ao afirmar que ele usava tais declarações apenas para o público dentro dos Estados Unidos.
"Ele disse abertamente ao seu amigo Boris Yeltsin: 'Não se preocupe, preciso disso para ganhar as eleições presidenciais'", especificou o interlocutor.
Chomsky também relembrou que muitos funcionários americanos avisaram durante 35 anos a Casa Branca sobre o perigo de ignorar os interesses da Rússia no âmbito de segurança.
Caças sobrevoam bandeiras na sede da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) durante a cerimônia de cúpula da aliança, Bruxelas, 25 de maio de 2017 - Sputnik Brasil, 1920, 07.06.2022
Panorama internacional
Em meio à crise na Europa, OTAN comenta garantias nucleares para Rússia
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала