Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

EUA anunciam confisco de 2 aviões de bilionário russo no valor de US$ 410 milhões

© AP Photo / Martin MeissnerO bilionário russo Roman Abramovich assiste a uma partida da Liga dos Campeões feminina em Gothenburg, Suécia, 16 de maio de 2021
O bilionário russo Roman Abramovich assiste a uma partida da Liga dos Campeões feminina em Gothenburg, Suécia, 16 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 07.06.2022
Nos siga noTelegram
Na segunda-feira (6), o Departamento de Justiça dos Estados Unidos aprovou a apreensão de duas aeronaves do bilionário russo Roman Abramovich devido a supostas violações de controle de exportação.
O órgão detalhou em um comunicado que as aeronaves a serem apreendidas são de modelo Boeing 787-8 e Gulfstream G650ER. As alegações citadas para a decisão de confiscar os aviões inclui sanções impostas pelos EUA contra a Rússia.
A juíza norte-americana Sarah Cave autorizou a apreensão por meio de um mandado com prazo de 14 dias para ser cumprido, ainda de acordo com a publicação.
As aeronaves citadas teriam sido reexportadas para a Rússia em março, o que teria violado o Ato de Reforma do Controle de Exportações (ECRA, na sigla em inglês), assim como as sanções contra Moscou. Segundo o comunicado, Abramovich é dono das aeronaves por meio de uma série de empresas de fachada no Chipre, Jersey e Ilhas Virgens Britânicas.
CC BY 2.0 / Jetstar Airways / Boeing 787 Dreamliner in SydneyBoeing 787 Dreamliner em Sydney, Austrália.
Boeing 787 Dreamliner em Sydney, Austrália (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 07.06.2022
Boeing 787 Dreamliner em Sydney, Austrália.. Foto de arquivo
O Boeing 787-8 é avaliado em US$ 350 milhões (cerca de R$ 1,67 bilhão), enquanto a Gulfstream G650ER vale aproximadamente US$ 60 milhões (cerca de R$ 287 milhões).
O bilionário russo, ex-dono do clube de futebol inglês Chelsea, já foi alvo de diversas sanções como parte das medidas contra a Rússia no contexto da operação militar russa na Ucrânia, deflagrada em fevereiro deste ano.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала