Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Descoberta em Israel fazenda de 2.100 anos que teria sido 'abandonada às pressas' (FOTOS, VÍDEO)

© Foto / COGATSítio arqueológico de Zif
Sítio arqueológico de Zif - Sputnik Brasil, 1920, 27.05.2022
Nos siga noTelegram
Durante escavações arqueólogas israelenses, desenterraram uma antiga fazenda agrícola bem preservada que data de 2.100 anos, informou na quarta-feira (25) a Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA, na sigla em inglês).
A zona foi descoberta próximo do córrego Arbel, na região oriental da Galileia, no norte de Israel, a aproximadamente seis quilômetros a oeste do mar da Galileia, escreve The Jerusalem Post.
Os achados incluem dezenas de pesos de tear utilizados para tecelagem de vestuários, grandes vasos de cerâmica para armazenamento e instrumentos agrícolas de ferro, incluindo várias picaretas e foices, observou a IAA. Na área também foram encontradas moedas que remontam da segunda metade do século II a.C.

"Tivemos muita sorte de descobrir uma cápsula do tempo […] em que os achados permaneceram onde foram deixados pelos habitantes do local, e parece que eles saíram às pressas ante um perigo iminente, possivelmente a ameaça de um ataque militar", afirmou Amani Abu-Hamid, diretora da escavação da IAA, observando que os pesos do tear ainda estavam na prateleira e os vasos de armazenamento estavam intactos.

"Sabemos por fontes históricas que, neste período, o Reino Asmoneu da Judeia expandiu-se para a Galileia, e é possível que a fazenda tenha sido abandonada na sequência desses eventos", acrescentou a arqueóloga.
Uma fazenda agrícola bem preservada de 2.100 anos que remonta do período Asmoneu helenístico foi descoberta em Horbat Assad, perto de Nahal Arbel na Galileia oriental, contendo achados que poderiam ter sido abandonados às pressas.
A escavação também revelou as fundações de edifícios, vasos de cerâmica e outros achados que datam da Idade do Ferro, cerca de 2.900 anos.
Os achados contribuem dando detalhes de atividade pouco conhecida nesta área no período Asmoneu, conclui a IAA.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала