Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Rússia abate aeronaves militares e mais de 360 nacionalistas ucranianos

© Sputnik / Yevgeny Biyatov / Abrir o banco de imagens Caça do exército ucraniano sobrevoando a autoproclamada República Popular de Lugansk, Donbass
 Caça do exército ucraniano sobrevoando a autoproclamada República Popular de Lugansk, Donbass  - Sputnik Brasil, 1920, 16.05.2022
Nos siga noTelegram
A forças russas abateram um caça Su-24, dois Su-25 e 10 drones ucranianos, incluindo dois veículos aéreos não tripulados de reconhecimento soviético Tu-143.
O Ministério da Defesa da Rússia informou que mísseis de alta precisão da Força Aeroespacial eliminaram um posto de comando da 72ª brigada mecanizada ucraniana na região de Carcóvia.
Além disso, foram destruídos três postos de comando, 104 áreas de concentração de tropas e equipamentos militares da Ucrânia, bem como dois depósitos de combustível.
As forças de mísseis e artilharia russas eliminaram 325 áreas de concentração de tropas e equipamentos militares ucranianos, 14 postos de comando e 24 baterias de artilharia.
Combatentes da República Popular de Donetsk em carro de combate da infantaria BMP-3 patrulhando cidade de Mariupol - Sputnik Brasil, 1920, 16.05.2022
Panorama internacional
82º dia da operação especial da Rússia na Ucrânia
O MD russo também informou que a Força Aeroespacial eliminou mais de 360 nacionalistas ucranianos e 78 equipamentos militares nas regiões de Carcóvia, Lugansk e Donetsk.
Desde o começo da operação militar especial foram destruídos 168 aviões, 125 helicópteros, 889 veículos aéreos não tripulados e 307 sistemas de mísseis antiaéreos, 3.108 tanques e outros veículos blindados, 381 lançadores múltiplos de foguetes, 1.529 peças de artilharia e morteiros, bem como 2.949 unidades de equipamento militar especial móvel.
Em 24 de fevereiro de 2022, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou o início de uma operação militar especial para "desmilitarizar e desnazificar a Ucrânia".
Durante a operação, as Forças Armadas da Rússia eliminam instalações da infraestrutura militar ucraniana, sem realizar ataques contra alvos civis em cidades. Os militares russos também organizam corredores humanitários para população civil que foge da violência dos neonazistas e nacionalistas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала