Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Entrada da Suécia na OTAN aumentará tensões de forma 'perigosa', diz líder oposicionista sueca

© AFP 2022 / Christine OlssonNooshi Dadgostar (à direita), líder do Partido de Esquerda da Suécia, fala diante do parlamento sueco durante votação, em 7 de julho de 2021
Nooshi Dadgostar (à direita), líder do Partido de Esquerda da Suécia, fala diante do parlamento sueco durante votação, em 7 de julho de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 16.05.2022
Nos siga noTelegram
No domingo (15), a líder do Partido de Esquerda, Nooshi Dadgostar, da oposição sueca, afirmou que a entrada da Suécia na Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) abre margem para uma escalada nas tensões regionais.
Dadgostar publicou suas impressões em suas redes sociais.
"Juntar-se à OTAN traz a ameaça de uma perigosa escalada nas áreas ao redor. As tensões estão crescendo, o risco de conflito está aumentando. Esse é o caminho errado", afirmou.
De acordo com Dadgostar, a possível adesão da Suécia à OTAN pode levar o país a um conflito armado na Ucrânia. Além disso, a líder oposicionista afirmou que, sob pressão da aliança, seu país pode ser forçado a participar de guerras nas quais não gostaria de se envolver.
© AFP 2022 / Fredrik Persson / Agência de Notícias TT / HandoutMagdalena Andersson (à direita), primeira-ministra sueca, dá coletiva de imprensa durante reunião do Partido Social-Democrata governista na sede do partido em Estocolmo, Suécia, 15 de maio de 2022
Magdalena Andersson (à direita), primeira-ministra sueca, dá coletiva de imprensa durante reunião do Partido Social-Democrata governista na sede do partido em Estocolmo, Suécia, 15 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 16.05.2022
Magdalena Andersson (à direita), primeira-ministra sueca, dá coletiva de imprensa durante reunião do Partido Social-Democrata governista na sede do partido em Estocolmo, Suécia, 15 de maio de 2022

Na declaração, a política sueca acrescenta que a adesão à OTAN também pode acarretar pressões que possam deteriorar a relação entre Estocolmo e Moscou. Dadgostar salientou que caso a aliança militar ocidental decida estacionar armas nucleares em território sueco, o país seria visto como uma ameaça pela Rússia.

Mais cedo no domingo (15), a direção do Partido Social Democrata da Suécia, afirmou que pretende submeter pedido de admissão da Suécia à OTAN. Apesar disso, o partido ressaltou que será contra a implementação de armas nucleares e bases militares no país, caso a Suécia tenha o pedido de entrada na aliança militar aceito.
O anúncio sueco foi feito horas após o país vizinho, a Finlândia, anunciar a mesma decisão de buscar a entrada na OTAN. A questão será discutida no parlamento finlandês nesta segunda-feira (16) e a votação deve ocorrer no dia seguinte.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала