Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Bloomberg: Alemanha vai embargar petróleo russo até final de 2022 qualquer que seja decisão da UE

© AP Photo / Markus SchreiberO chanceler alemão Olaf Scholz responde a perguntas de legisladores durante uma sessão do parlamento alemão Bundestag, no prédio do Reichstag em Berlim, Alemanha, 6 de abril de 2022
O chanceler alemão Olaf Scholz responde a perguntas de legisladores durante uma sessão do parlamento alemão Bundestag, no prédio do Reichstag em Berlim, Alemanha, 6 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 16.05.2022
Nos siga noTelegram
Berlim deixará de importar petróleo russo até o final deste ano, mesmo que a União Europeia não aprove esta medida no próximo pacote de sanções, informou hoje, segunda-feira (16) a agência Bloomberg citando fontes do governo alemão.
A mídia constata que o gabinete do chanceler Olaf Scholz está inclinado a obter o mesmo dos parceiros da União Europeia.
Berlim já está fechando acordos com fornecedores de combustível alternativos, embora a lista de países que vão compensar o déficit do petróleo ainda não se conheça. O governo alemão está seguro de que será capaz de resolver as questões logísticas no prazo de seis ou sete meses, acrescentam os interlocutores da agência.
De acordo com os dados da Bloomberg, o tema das sanções petrolíferas e a segurança energética será central nas negociações de Scholz com o primeiro-ministro dos Países Baixos, Mark Rutte, programadas para a quinta-feira (19), e também na reunião com o emir do Catar, Tamim bin Hamad al-Thani, na sexta-feira (20).
Vladimir Putin, presidente da Rússia, durante videoconferência sobre o desenvolvimento da educação física e do esporte em 26 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 12.05.2022
Panorama internacional
Sanções contra a Rússia provocam em grande parte a crise econômica mundial, diz Putin
Os países do Ocidente implementaram uma série de pacotes sancionatórios contra a Rússia após o início da operação militar na Ucrânia. A União Europeia está considerando seriamente a possibilidade de abandonar o petróleo e gás russos. O sexto pacote de sanções prevê o embargo petrolífero, mas alguns países, particularmente a Hungria, bloqueiam essa iniciativa.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала