Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Sanções contra a Rússia provocam em grande parte a crise econômica mundial, diz Putin

© Sputnik / Mikhail KlimentievVladimir Putin, presidente da Rússia, durante videoconferência sobre o desenvolvimento da educação física e do esporte em 26 de abril de 2022
Vladimir Putin, presidente da Rússia, durante videoconferência sobre o desenvolvimento da educação física e do esporte em 26 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 12.05.2022
Nos siga noTelegram
Os autores das sanções ocidentais contra a Rússia são guiados por ambições políticas míopes e exageradas e atingem as econômias e os povos da Europa e EUA, declarou presidente russo Vladimir Putin.
Ele observou que em alguns países a inflação chegou perto de 20% a nível anual, enquanto na zona do euro em geral os preços dos produtos aumentaram mais de 11%.
"Estas sanções provocam em grande parte a crise mundial. Seus autores, guiados por ambições políticas míopes e exageradas, por russofobia, atingem mais seus próprios interesses nacionais, suas próprias economias, o bem-estar de seus cidadãos. Vemos isso, em primeiro lugar, pelo forte aumento da inflação na Europa", afirmou o líder russo em uma reunião sobre questões econômicas.
A culpa pelas consequências globais das sanções contra a Rússia, incluindo a possível fome em vários países, recai sobre os países ocidentais, que estão dispostos a sacrificar o resto do mundo pelo seu domínio, disse Putin, acrescentando que vários Estados já enfrentam riscos da fome e a continuação das sanções contra a Rússia pode ter consequências difíceis de reverter, mesmo para a União Europeia.
Edifício do Banco Central Europeu com projeção do símbolo de euro, em Frankfurt, Alemanha, 30 de dezembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 08.05.2022
Panorama internacional
Maior economia da Europa enfrentará onda de falências devido às sanções contra Rússia, diz executivo
Por outro lado, ele notou que a Rússia está conseguindo lidar com os desafios externos provocados pelas sanções, a inflação no país está diminuindo, se aproximando dos objetivos definidos pelo Banco Central.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала