Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Embargo ao petróleo russo pode ter resultados imprevisíveis, diz jornal alemão

© AP Photo / Vahid SalemiTécnico de petróleo iraniano verifica as instalações do separador de óleo no campo petrolífero de Azadegan, perto de Ahvaz, Irã (imagem referencial)
Técnico de petróleo iraniano verifica as instalações do separador de óleo no campo petrolífero de Azadegan, perto de Ahvaz, Irã (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 02.05.2022
Nos siga noTelegram
Embargo ao petróleo russo seria um "experimento com resultados desconhecidos" para a economia europeia, escreve o colunista Klaus Stratmann no jornal alemão Handelsblatt.
Anteriormente, a agência DPA informou, citando suas próprias fontes, que o governo alemão apoia os planos da União Europeia (UE) de impor um embargo às importações de petróleo russo. Segundo a agência, durante as últimas negociações preliminares sobre o sexto pacote de sanções, Berlim "pronunciou-se claramente" a favor do embargo.
Segundo o colunista, as medidas debatidas pelos países da UE refletem a incerteza e não a determinação do bloco.

"Se os Estados-membros da UE optarem agora pela introdução de um limite máximo de preços, ou um embargo faseado com períodos de transição, ou tarifas punitivas sobre o petróleo russo, não importa o que seja: os riscos são enormes", observa Stratmann.

De acordo com ele, tanto na questão do petróleo quanto na questão do gás, "é difícil ameaçar com um boicote quando é evidente que alternativas não são suficientes", especialmente no caso da Alemanha.
"Fontes alternativas não estarão disponíveis rápido o suficiente, nos volumes necessários e não terão as características necessárias", ressalta o jornalista.
Vice-presidente da Comissão Europeia para Valores e Transparência, Vera Jourova, na sede da UE em Bruxelas, na Bélgica, em 26 de maio de 2021.  - Sputnik Brasil, 1920, 24.04.2022
Panorama internacional
UE: Países do bloco vão enfrentar 'grande crise energética' se importações russas forem proibidas
Além disso, o aumento dos preços mundiais do petróleo será inevitável, e a Rússia poderá até aumentar suas receitas se encontrar rapidamente outros compradores, opina o autor do artigo.
"É ingénua a esperança de que outros países se abstenham de comprar petróleo russo barato por solidariedade. O embargo do petróleo seria um experimento com resultados desconhecidos", resumiu Stratmann.
Recentemente o ministro das Relaões Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, afirmou que o Ocidente usa as sanções unilaterais como o instrumento político mais importante, senão o único.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала