Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Pequim pede para EUA pararem de provocar 'discórdia' no mar do Sul da China

© AFP 2022 / ADEK BERRYBandeira da China é hasteada
Bandeira da China é hasteada - Sputnik Brasil, 1920, 22.03.2022
Nos siga noTelegram
O Ministério das Relações Exteriores da China pediu para que os EUA parassem de provocar "discórdia" sobre a questão do mar do Sul da China.
Além disso, Pequim espera que Washington desempenhe um papel construtivo na manutenção da paz e da estabilidade na região.
"Esperamos que os americanos parem de provocar discórdia sobre a questão do mar do Sul da China, parem de mostrar força no mar do Sul da China e desempenhem um papel construtivo na manutenção da paz e da estabilidade na região", afirmou o porta-voz da chancelaria chinesa, Wang Wenbin.
Wenbin ressaltou que a implantação dos meios necessários de defesa nacional em seu território é "direito natural de um Estado soberano".
Recife de Ladd, ilhas Spratly, mar do Sul da China - Sputnik Brasil, 1920, 21.03.2022
Panorama internacional
EUA asseguram que Pequim armou totalmente várias ilhas artificiais no mar do Sul da China
Além disso, ele ressaltou que, nos últimos anos, os EUA elevaram constantemente sua presença militar no mar do Sul da China, enviando navios de guerra e comprometendo a estabilidade na região.
Nos últimos anos, as relações entre as duas nações têm sido tensas devido a divergências sobre uma série de questões, incluindo o comércio, Hong Kong, Taiwan, Tibete, direitos humanos em Xinjiang, a disputa territorial no mar do Sul da China e a origem da pandemia de coronavírus.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала